História de Itapecerica da Serra

Em julho de 1562, por força de um levante armado que culminou em um ataque dos indios confederados, à vila de São Paulo de Piratininga (atual São Paulo capital) e outros nucleos de povoamento e colonização. A Companhia de Jesus decidiu instalar postos de defesa e colonização avançados entre eles em destaque: Carapicuíba, Guarulhos, Itapecerica da Serra, Embu, São Mateus e São Miguel.

Itapecerica tem origem em uma aldeia fundada pelos Jesuítas a 3 de setembro de 1562, sob a invocação de Nossa Senhora dos Prazeres, com o propósito de ser um posto avançado de colonização, catequização e de defesa contra ataques militares e de índios hostis aos Jesuítas.

No século XVII o núcleo da população indígena foi consideravelmente aumentado com a vinda dos indígenas trazidos da aldeia de Carapicuíba, trazidos pelo sertanista Afonso Sardinha e deixados aos cuidados doutrinários doPadre Belchior de Pontes.

Em 1689 a capela de Itapecerica contava com mais de novecentas almas sob a proteção do padre Diogo Machado, da Companhia de Jesus.

Em 1841 Itapecerica foi elevada à categoria de freguesia, sob a invocação de Nossa Senhora dos Prazeres e teve como primeiro vigário o padre Bento Pedroso de Camargo, nomeado por D. Manuel Joaquim Gonçalves de Andrade.

Município desde 8 de maio de 1877, quando se emancipou do antigo município de Santo Amaro, Santo Amaro que por sua vez foi reincorporado ao município da capital paulista em 1935.

A primeira corrida de automóveis oficialmente organizada no Brasil por um clube automobilístico – no caso o Automóvel Club de São Paulo – aconteceu em 26 de julho de 1908, em Itapecerica da Serra-São Paulo. O vencedor foi Sílvio Álvares Penteado, pilotando um Fiat de 40 cavalos e aclamado como herói por uma multidão de dez mil pessoas. Somente oito anos depois é que os carros voltariam a circular em São Paulo disputando uma corrida, quando um grupo de pilotos resolveu disputar uma prova num percurso entre São Paulo (cidade) e Ribeirão Preto.

Em 1930 com a construção da Estrada de Ferro Mairinque-Santos que passa pela cidade mais precisamente no bairro da aldeinha ouve uma certa expansão da economia da cidade.

Em 30 de Novembro de 1944 Itapecerica passou denominar-se Itapecerica “da serra” para diferenciar-se de sua homônima nas Minas Gerais e por estar na zona fisiográfica de Paranapiacaba.

Em 1959 foi criada a comarca de Itapecerica da Serra, composta pelos municípios de Embu, Embu-Guaçu, Itapecerica da Serra, Juquitiba e Taboão da serra, a cidade de São Lourenço da Serra foi incluída em 1991 quando de sua emancipação da cidade de Itapecerica.

Com a construção da Rodovia Régis Bittencourt BR-116 o acesso da cidade à região sul do Brasil foi consideravelmente melhorado tendo na inauguração da rodovia em 1960 contado com a presença do então presidente da república Juscelino Kubitschek.